Enfrentando o estabelecimento de metas durante uma crise

Em tempos de turbulência, colocar ênfase em seu desenvolvimento profissional e objetivos nunca foi tão importante. Definir metas durante uma crise ajuda a motivar e alinhar o trabalho de sua equipe, além disso, os funcionários que trabalham em direção a uma meta claramente definida têm mostrado maiores taxas de persistência ao enfrentar os desafios. Em tempos de incerteza, a colaboração em equipe para definir metas para o seu trabalho pode ajudar a aliviar o estresse e fornecer o suporte e a clareza necessários. Enfatizar o desenvolvimento profissional com sua equipe os tornará mais resilientes e preparados para os desafios que enfrentarão. 

Mas como os gerentes devem abordar a definição de metas de desenvolvimento profissional durante uma crise? Por meio de reflexão frequente e colaboração intensificada, os gerentes podem centralizar suas equipes e permanecer focados no sucesso de sua organização.

Avalie suas metas atuais

É essencial centrar-se em tempos de crise e refletir sobre sua situação atual antes de tomar qualquer decisão. Embora a reação inicial possa ser fazer uma mudança rápida ou mudar a forma como as coisas funcionam, você pode descobrir que muitos dos seus processos atuais ainda funcionam e se aplicam à sua nova situação.

A primeira pergunta que você deve se perguntar ao avaliar seus objetivos de desenvolvimento profissional em um momento de crise é quais objetivos ainda são relevantes. A maioria das metas que você criou antes de uma crise pode não se aplicar mais ao seu ambiente atual, mas partes dessas metas ainda podem ser aplicáveis. Ao revisar suas metas, você pode descobrir que algumas simplesmente precisam de ajustes nos cronogramas, algumas podem não exigir nenhum ajuste e algumas podem precisar ser totalmente descartadas. Algumas perguntas para auxiliar na sua reflexão:

  • – Estamos almejando os objetivos certos?
  • – As metas que definimos estão nos desafiando profissionalmente?
  • – Essas metas nos ajudam a desenvolver nossas carreiras?
  • – As metas que temos atualmente ainda são alcançáveis ​​em nosso cenário atual?
  • – O cronograma que estabelecemos para essas metas ainda se aplica?

Fazer a si mesmo essas perguntas reflexivas o ajudará a restringir seus objetivos e destacar quais aspectos precisam ser adaptados ou tratados. Esse método também permite que você identifique as metas que não são mais relevantes para estreitar seu foco em alcançar o sucesso que importa.

Adapte seus objetivos de desenvolvimento profissional ao ambiente de trabalho atual

Você revisou e analisou suas metas atuais e sabe quais metas precisam ser descartadas e quais precisam de atenção extra. Como, então, você avança no retrabalho de suas metas de desenvolvimento profissional durante uma crise? Muitos especialistas dizem que é mais fácil e viável dividir seus objetivos em categorias menores. Uma maneira de fazer isso é examinar seus objetivos em um nível organizacional, departamental e individual.

Organizacional. Os objetivos organizacionais são cruciais para o sucesso de qualquer negócio, principalmente em tempos de crise. Ter missões e metas organizacionais claramente definidas mantém os funcionários focados no que é importante e lhes dá um senso de compromisso com a equipe. Ao observar seus objetivos organizacionais, pergunte-se:

  • – O que faz sentido para nossa empresa se concentrar agora?
  • – Esse objetivo é algo que podemos alcançar?
  • – Quais são os efeitos de curto e longo prazo de trabalhar para atingir esse objetivo?

Departamental. Metas departamentais são uma excelente oportunidade para colaboração entre equipes. As organizações podem trabalhar juntas para determinar o que seu departamento deve se esforçar e podem se comunicar abertamente sobre os desafios ou obstáculos que encontraram devido à crise. As metas de desenvolvimento profissional nem sempre precisam ser individuais. Trabalhar junto com sua equipe para aprender novas habilidades ou melhorar suas práticas atuais pode levar a níveis mais altos de confiança em sua organização. Depois que sua organização tiver delineado as metas adaptadas, converse com suas equipes e discuta: 

  • – Como nosso departamento pode fornecer o impacto mais significativo possível em relação aos nossos novos objetivos?
  • – Estamos nos oferecendo o espaço para aprender novas habilidades e experimentar coisas novas? 
  • – Existem metas de equipe que temos atualmente que não são mais alcançáveis?

Individual. As metas individuais são uma ótima área para os funcionários assumirem a responsabilidade pelo trabalho e se engajarem na missão geral. Os gerentes devem aproveitar essas oportunidades para treinar seus funcionários a se envolver com seus próprios objetivos de desenvolvimento profissional. A pesquisa mostrou que os indivíduos muitas vezes estabelecem objetivos mais elevados para si mesmos quando têm voz na sua criação. Converse com seus funcionários para descobrir o que eles gostariam de alcançar profissionalmente. Eles querem aprender um novo ofício? Eles estão interessados ​​em assumir uma nova função no trabalho? Permita que os funcionários tenham espaço para determinar respostas a perguntas como:

  • – Como minha função / objetivo atua nos objetivos maiores desta organização?
  • – Meus objetivos me inspiram a trabalhar? Eles me desafiam a fazer meu melhor trabalho?
  • – Meus objetivos permitem que eu me desenvolva profissionalmente?

Olhar para suas metas de desenvolvimento profissional a partir dessas diferentes perspectivas deve fornecer uma visão mais aprofundada de como você e sua equipe irão enfrentar uma crise. Como todos sabem, uma crise significa que mudanças ocorrerão com frequência. Portanto, enquanto você trabalha com essas mudanças, defina prazos mais curtos para você. Permitindo a você mais flexibilidade em seu trabalho e o espaço que você precisa para se ajustar rapidamente.

Permita o Desenvolvimento Profissional

Durante a pandemia, muitos funcionários se viram realizando tarefas fora de suas responsabilidades diárias. Muitas organizações reformularam as posições para se ajustarem às funções existentes ou foram forçadas a reduzir o número de funcionários. Uma maneira de manter os funcionários trabalhando e equipá-los com as ferramentas de que precisam para ter sucesso é com o desenvolvimento profissional. A melhor maneira de desenvolver as habilidades de seus funcionários durante uma crise é aprimorando, requalificando e melhorando as habilidades sociais.

Upskilling. Estudos mostram que, em 2022, mais da metade de todos os funcionários exigirá uma qualificação em seu trabalho. Upskilling envolve treinar funcionários em novas habilidades para ajudá-los a fazer seu trabalho de forma mais eficiente e produtiva. Ao sair na frente, sua organização pode equipar os funcionários com ferramentas para ajudá-los a superar esses desafios atuais e prepará-los para mudanças futuras.

Requalificação e treinamento cruzado. Requalificação é o retreinamento dos funcionários atuais para assumirem funções diferentes dentro de sua organização, o que pode significar um funcionário a menos que deve ser dispensado durante a reorganização ou dispensas. O treinamento cruzado envolve o treinamento de funcionários sobre como executar as tarefas e responsabilidades de outros departamentos. Esta é uma grande vantagem durante uma crise, pois permite flexibilidade em seus departamentos, uma vez que os funcionários podem ajudar a arcar com os encargos e auxiliar em funções específicas. A requalificação adequada e o treinamento cruzado economizam dinheiro na substituição de posições em aberto, criam uma força de trabalho mais investida e mobilizada e até aumentam os níveis de engajamento.

Melhorar as habilidades pessoais. Habilidades pessoais são extremamente cruciais em uma organização produtiva. Os empregadores reconhecem que a contratação para habilidades sociais muitas vezes leva a candidatos de maior qualidade e funcionários de melhor desempenho. Habilidades básicas são mais difíceis de aprender, como ouvir ativamente, habilidades de colaboração e comunicação eficaz. Conforme você e sua organização se preparam para o novo ano, incorpore oportunidades para que sua equipe melhore seu conjunto de habilidades. Tanto sua organização quanto seus funcionários verão benefícios como maior produtividade, maiores taxas de retenção e melhor trabalho em equipe – tudo isso o ajudará a melhorar sua resiliência a interrupções futuras.

Reveja e revise com frequência

Ao definir metas durante uma crise, é essencial rever e revisar seus objetivos com frequência. O ambiente volátil significa que você precisará ajustar regularmente seus processos e metas para se adequar à situação atual. No último ano, as metas de curto prazo ganharam um novo significado. O que antes eram metas mensais ou trimestrais, agora estão sendo abordadas como objetivos semanais. Trabalhe em sua organização e departamento para verificar semanal ou mensalmente se seus objetivos ainda estão sendo alcançados. Isso não apenas ajudará você a garantir que seus objetivos estejam alinhados com a missão geral, mas também servirá como uma forma de manter a responsabilidade mútua.

Tempos de crise podem fazer ou quebrar uma equipe com base em sua capacidade de responder às mudanças, ajustar seus objetivos e responsabilizar uns aos outros. Conforme sua organização se aproxima do estabelecimento de metas durante uma crise, lembre-se de ajustar suas expectativas e prazos. Embora as crises possam parecer avassaladoras, é reconfortante saber que as coisas acabarão por se acalmar. Oferecer a seus funcionários o suporte de que precisam para navegar por essas mudanças o ajudará a construir uma equipe mais resiliente e produtiva.

Para ajudar a se manter à frente das mudanças, você precisa fornecer à sua equipe o treinamento necessário para melhorar o conjunto de habilidades e avançar na carreira. Para saber mais sobre como o Caliper pode ajudar no desenvolvimento profissional de suas equipes, entre em contato com um de nossos especialistas através do e-mail caliper@caliper.com.br.