Você conhece Programas de Mentoring? Veja como evoluir com a Caliper

O Programa de Mentoring, também chamado de Programa de Mentoria, é um processo que visa o desenvolvimento de novos profissionais por meio de um mentor/coach, uma pessoa com grande experiência e influência no mercado de trabalho. Nesse cenário, ocorre uma rica troca de vivências e conhecimentos, com o mentor ajudando o mentorado a encontrar respostas para suas questões profissionais com base nos relatos de quem já passou por diversas situações no mercado de trabalho.

Os objetivos principais do programa são inspirar o mentorado, transformar o seu potencial em resultados e transmitir conhecimentos práticos sobre como lidar com determinado tema. O mentor baseia os seus ensinamentos em seus próprios aprendizados e fornece insights e orientações concretas sobre como resolver diversas questões, como estruturação de processos, tomadas de decisão, definição de estratégias etc.

Na Caliper, o Programa de Mentoring é conduzido pelo psicólogo e sócio da Caliper Brasil José Geraldo Recchia. Com mais de 35 anos de mercado, Recchia atuou durante duas décadas em Recursos Humanos em empresas nacionais e multinacionais como Sadia, Camargo Correa, Lafarge e Leroy Merlin, ocupando cargos de gestão/direção desde 1988.

Para ele, o programa é uma oportunidade de inspirar novos profissionais, já que o cenário atual do mercado e o distanciamento hierárquico presente em muitas organizações impedem que as lideranças tenham tempo para se comunicar diretamente com os colaboradores mais jovens: “As empresas perdem uma grande oportunidade de instruir jovens talentos em relação às melhores práticas, conduzindo-os pelos métodos que aceleram sua melhora de desempenho. Essa é a proposta do Mentoring da Caliper. Você frente a frente com um profissional executivo sênior que irá inspirá-lo, transformando o seu potencial em resultados e transmitindo conhecimentos práticos sobre como lidar com os principais desafios de sua carreira”, diz.

Confira os benefícios do Programa de Mentoring da Caliper

  • Aceleração da criação e implementação de processos e projetos de Recursos Humanos;
  • Orientação “neutra”, sem vícios organizacionais e com ampla experiência de quem sabe o que é valorizado por um board executivo;
  • Desenvolvimento de competências;
  • Contribuição para o desenvolvimento da carreira e auxílio na adaptação a uma promoção;
  • Contribuição para o desenvolvimento de ferramentas próprias para atingir objetivos.

Desenvolva seu potencial com os serviços da Caliper! Solicite já um orçamento.

Você se conhece o bastante?

Muitos profissionais passam anos de suas vidas tentando encontrar, na profissão que desempenham, o gosto pelo que fazem, porém somente após muito tempo descobrem que nunca fizeram o que gostariam ou, na pior das hipóteses, nunca descobrem o que realmente lhes daria prazer.

Esse descontentamento com determinada profissão ou atividade é o sinal de que pouco tempo tem sido dedicado ao autoconhecimento, ao descobrimento de si mesmo, um exercício difícil de ser feito, porém necessário. Ao se autoconhecer um indivíduo sabe exatamente o que lhe gera motivação, ponto essencial para sua ascensão.

O livro “O Sucesso Tem Fórmula?” trata justamente desse tema: da consciência e valorização do potencial único de cada indivíduo e da descoberta pessoal de sua própria receita para o sucesso, para o qual afirma e prova: não existe fórmula universal. Os autores, Herb e Patrick mostram, de forma clara e simples, como buscar a essência de si mesmo, como descobrir e valorizar pontos fortes da personalidade e como desenvolver os pontos de menor destaque.

Muitas histórias verídicas contadas na obra comprovam a necessidade de um processo profundo de autoconhecimento. Entretanto, as narrativas servem apenas como ilustrações, meros exemplos desta busca interior, pois o sucesso de cada pessoa, profissional ou não, está nela mesma, na descoberta das características e motivações que podem impulsioná-la a crescer.

Para a descoberta desse potencial e para a busca do próprio sucesso, quatro atitudes são fundamentais:

  • Conhecer a si mesmo – É necessária uma análise profunda de suas características para identificar seus pontos fortes. Ao se conhecer há sempre um momento decisivo, a exata hora em que um insight leva o indivíduo a agir. A partir daí, suas qualidades essenciais são ressaltadas e usadas para a concretização de objetivos, enquanto os pontos de menor destaque devem ser constantemente desenvolvidos. Exemplos de momentos que fizeram a diferença na vida de muitas pessoas são descritos no livro “O Sucesso Tem Fórmula?”.
  • Focar pontos fortes – É essencial concentrar-se muito mais em qualidades do que em limitações, dar maior atenção aos pontos que tornam o indivíduo diferente, pois as qualidades são as principais ferramentas utilizadas para alcançar os objetivos.
  • Estar disposto a assumir riscos – Expor-se e apostar no que se deseja e acredita é o principal passo a ser dado em busca do sucesso. Ao se conhecer, o indivíduo deve utilizar as principais habilidades que possui para agir, e essa é a única possibilidade que ele tem de ver suas ações gerarem resultados.
  • Amar – Finalmente, é preciso amar o que se faz, estar satisfeito e realizado com suas ações. Quando existe amor pela atividade que se realiza há 99% de chances de que o caminho trilhado seja correto e de que se está a apenas um passo de alcançar o sucesso.

Dessa forma, é mais do que necessário dedicar tempo ao autoconhecimento, à busca da essência individual, às coisas e momentos que proporcionam prazer e jamais dar atenção às pessoas que julgam determinado projeto impossível. Depois disso, o próximo passo é agir e obter o SUCESSO.

Sempre é tempo de investir na carreira!

Por Lilian Gonçalves*

Você já percebeu que estamos no final do mês de Julho?! Pois é. Implacável, o tempo passa e, envolvidos na rotina, quase nem nos damos conta disso e por esse motivo somos pegos de surpresa com frases como: “O ano passou e eu nem vi”, “Já passamos da metade do ano”. Mas o que isso significa? Que já não temos tempo para nada? Eu não acredito nisso. Do mesmo modo como fazemos nas datas de reflexão do final de ano, por que não usar também o final do semestre para realinhar os planos e investir na carreira?

Esse é o meu desafio hoje. Não precisamos esperar o fim do ano para analisar o caminho percorrido e avaliar se está de fato nos levando para o objetivo traçado.  O tempo é agora e temos ainda alguns meses para alcançar metas!

Para tanto, sugiro que comecem com uma reflexão sobre o que ocorreu de bom e de ruim nos primeiros meses do ano. Considere isso um aprendizado. Reveja suas metas do começo do ano, quais ações que não trouxeram resultados e busque novas alternativas. Reveja as que deram certo e entenda qual foi o diferencial. Dessa reflexão você terá lições importantes para seguir de forma mais otimizada (e por que não dizer mais otimista também?).

Outra possibilidade é investir em educação formal com cursos, pós-graduações e MBA que têm início agora. Uma pesquisa publicada pela revista Você S/A aponta que investir em educação ainda é um diferencial para a carreira e tem impacto positivo na remuneração.  Então, por que não escolher um curso que pode favorecer sua jornada rumo ao sucesso?

A ideia é refletir sobre o que te faz feliz e como isso pode impactar no sucesso da carreira que você escolheu. O que te realizou nas ações até aqui que você gostaria de continuar? Olhar para si é sempre uma experiência única e pode resultar em algo extraordinário, independente do mês do ano. Sua carreira depende somente de você, o prazo é você quem faz e o tempo para começar é agora!

* Lilian Gonçalves é Consultora de Desenvolvimento Organizacional da Caliper Brasil.