Melhore sua comunicação com o E-book “Comunicação na Prática”

A comunicação é uma das competências mais importantes em ambientes dinâmicos, exigentes e competitivos. Torna-se necessário, cada vez mais, ter e demonstrar habilidades que facilitem a gestão de equipes e de conflitos, os relacionamentos interpessoais e a aplicação de conhecimentos e experiências na solução de problemas.

Assim, seja na perspectiva de indivíduos, equipes ou organizações, desenvolver a habilidade de se comunicar com eficiência e objetividade é fundamental, seja para transmitir com clareza suas aptidões, gerenciar e vender melhor o seu negócio ou expor suas ideias, projetos e realizações.

Para isso, criamos o E-book Comunicação na Prática; uma série de conteúdos com sugestões de ações práticas, ferramentas, filmes e livros sobre como melhorar sua habilidade de se comunicar.

Nesse E-book você vai encontrar:

  • Dicas de livros, filmes e dinâmicas interpessoais;
  • Dicas para exercitar o foco, no outro e em si mesmo;
  • A importância da inteligência emocional e autoconhecimento;
  • A importância da empatia nas organizações e muito mais.

Baixe o E-book gratuitamente clicando no banner abaixo:

Pós-contratação: como desenvolver talentos dentro da organização

Blog-Caliper-junho-2019

Abrir um processo de seleção, avaliar candidatos e escolher o colaborador mais adequado não é garantia de resultados e de bom desempenho. Após a contratação, alguns fatores são essenciais para a manutenção e o desenvolvimento do novo colaborador, bem como para a integração com o time e com o processo organizacional da empresa.

Desenvolver talentos dentro da própria empresa é a chave para ter uma equipe motivada e engajada, com resultados. Não basta colocar à disposição do novo profissional uma lista de preços, bloco de pedidos e catálogos, é necessário prepará-lo para a função que irá exercer. Além de tornar o trabalho desmotivador e frustrante para o colaborador, a falta de preparação pode gerar uma série de conflitos entre gerência, clientes e equipe.

Ofereça treinamentos

Embora o colaborador selecionado apresente características que indiquem seu potencial, é fundamental instruí-lo com informações necessárias ao conhecimento específico de sua nova função. Os treinamentos também servem como atualização para antigos colaboradores e são ótimos agentes de integração de equipes.

Motive sempre

A motivação é o combustível diário do profissional. A gerência deve sempre criar ações de reconhecimento, que podem ser aumento salarial, promoções, bônus, entre outras. Os profissionais precisam ser reconhecidos, considerados e percebidos. Isso mostra que a empresa se importa e gera no colaborador a sensação de pertencimento.

Supervisione

O novo profissional precisa contar com todo o apoio da empresa, principalmente nos primeiros meses, para conhecer as características de seu trabalho, os clientes e o mercado de atuação. A falta de suporte pode, certamente, dificultar o trabalho, já que, mesmo contando com as habilidades certas, um novo colaborador não tem como desempenhar suas funções sem conhecer os processos da empresa.

Ofereça condições propícias de trabalho

O apoio da empresa é fundamental para que o profissional consiga bons resultados. O esforço e a competência não são validados se a empresa, por exemplo, falhar no atendimento dos pedidos. Todos têm responsabilidades a serem seguidas. Os profissionais, independente de serem novos ou antigos na empresa, precisam se sentir seguros para continuar o trabalho.

Identifique e retenha seus talentos com os treinamentos da Caliper. Solicite já o seu orçamento.

Conheça o conceito de “job-matching”: ciência em benefício da boa contratação

Uma das maiores dificuldades na hora de selecionar um candidato é a preocupação com a adequação à vaga: encontrar o colaborador ideal, que se adapta às funções e apresenta os resultados esperados, é um dos grandes desafios do setor de recursos humanos de toda empresa. Para solucionar esse problema, a Caliper desenvolveu o conceito de “job-matching”: o “casamento” dos potenciais de um profissional com os requisitos para determinado cargo.

O job-matching é um dos resultados da análise comportamental feita por meio do Perfil Caliper, que analisa profundamente as características de um indivíduo a fim de esclarecer quais são suas habilidades, competências, motivações e lacunas. São medidos 22 traços de personalidade, capacidade analítica e competências profissionais em sete dimensões: liderança, comunicação ativa, dinâmica interpessoal, processo decisório, resolução de problemas, gerenciamento de processos e autogestão.

“Com os resultados obtidos, os especialistas da Caliper são capazes de trabalhar em parceria diretamente com o RH ou gestor responsável para conhecer a fundo as funções da vaga a ser preenchida, entendendo as atribuições, responsabilidades e desafios que o futuro ocupante do cargo irá encontrar, bem como a cultura organizacional da empresa, ou seja, possibilita o job-matching entre candidato e vaga”, exemplifica Alessandra dos Santos Moura, psicóloga e Diretora de Desenvolvimento Organizacional Caliper.

Além de reduzir os erros na hora da contratação, o job-matching também diminui as taxas de turn-over, já que as chances de encontrar o candidato adequado tornam-se maiores. E o mais importante: realizando uma contratação assertiva, a empresa pode economizar mais de R$ 100 mil em gastos com desligamentos, novos processos de seleção e oportunidades perdidas.   

Entre em contato com nossos consultores e encontre os melhores candidatos para o seu negócio.

Perfil Caliper: fuja das interpretações genéricas na contratação

ImgBlog-PerfilCaliper

Um dos maiores desafios da contratação é o desempate entre dois candidatos aparentemente ideais à vaga. Para conseguir optar com convicção por um profissional, é interessante aplicar uma avaliação comportamental, pois assim será possível saber qual se encaixa melhor ao perfil do cargo.

O principal diferencial do Perfil Caliper, entre outros tipos de avaliações de personalidade, é a profundidade com que as informações são analisadas e interpretadas. Ao final de 98 perguntas, o candidato é perfilado em 22 traços de personalidade, 245 comportamentos e 49 competências profissionais.

O Perfil Caliper oferece resultados mais precisos e consistentes sobre o candidato avaliado, como pontos fortes, limitações, motivações, potencialidades etc., além da recomendação quanto à contratação. Nos casos em que o perfil é aplicado especificamente para uma vaga, os especialistas da Caliper conseguem comparar as características do candidato com as funções e resultados esperados, sendo possível dizer se o indivíduo preencherá as expectativas ou não.

Para evitar interpretações genéricas dos resultados, os especialistas da Caliper oferecem um feedback exclusivo, que pode ser direcionado ao gestor responsável, ao setor de RH ou ao próprio candidato avaliado, ressaltando os pontos fortes e pontos a serem desenvolvidos.

Maria Claudia Baptista, psicóloga e Gerente de Novos Negócios da Caliper, explica que o feedback é de extrema importância e utilidade, pois tira dúvidas entre o avaliado e a avaliação, além de fornecer dicas focadas nas habilidades e pontos de desenvolvimento do avaliado. “ Com os resultados do Perfil Caliper, nós temos uma imagem clara e precisa dos pontos fortes de um indivíduo, suas limitações, motivações e potenciais de desenvolvimento”, diz.

Faça um orçamento do Perfil Caliper e garanta os melhores profissionais para sua empresa.

5 passos para contratar o melhor candidato

Comocontratarosmelhores-Caliper-2019

A hora da entrevista pode ser o passo mais decisivo em todo o processo de contratação, tanto para a empresa quanto para o candidato. O primeiro contato é a oportunidade que o candidato tem de mostrar o seu melhor para o entrevistador – o que muitas vezes se revela uma armadilha.

Levando em conta a quantidade de conteúdo disponível sobre como se sair bem em entrevistas, é possível que a empresa acabe sendo enganada por palavras que não se transformam em potencial. Muito além de analisar o currículo e perguntar sobre as experiências do candidato, é necessário avaliar se ele tem as habilidades específicas para a vaga aberta.

Não existe fórmula secreta para conduzir uma entrevista, mas existem algumas maneiras de identificar o melhor candidato. Colocamos a seguir as principais lições que sempre destacamos às empresas-clientes da Caliper. Assim, você pode aplicar essas “melhores práticas” durante a sua próxima entrevista de contratação e encontrar o melhor profissional.

1. Visualize potencial:Você nunca encontrará o profissional perfeito, por isso, o importante é focar no potencial.

2. Não se incomode com o tempo de uma vaga em aberto: Muito pior do que ter uma cadeira vazia na sala, é ter uma pessoa errada sentada nela. Invista na procura até encontrar o profissional ideal.

3. Ninguém é igual, por isso, não tente encontrar seu espelho nas entrevistas. Deixe de lado as suas qualidades e experiências, e foque nas dos profissionais que você está analisando. Eles não têm que ser iguais a você em erros e acertos, só precisam ter potencial para o cargo em questão.

4. Valorize capacidade, e não somente a experiência passada. Experiência não é nada comparado com personalidade, comportamento e capacidade de aprendizagem e crescimento.

5. Foque nos otimistas e resilientes:Os otimistas têm o pé no chão: enxergam os problemas, mas também oportunidades e soluções. Os resilientes, por sua vez, estão preparados para passar por dificuldades e tirar as melhores lições. Estes são os profissionais certos para a sua empresa.

Para garantir a contratação certa, conheça o Perfil Caliper.

Você sabe quanto custa realizar uma contratação errada?

Quantocustarealizarumacontrataçãoerrada-Caliper-2019

A contração de bons vendedores é uma das etapas mais complicadas no setor de Recursos Humanos da maioria das empresas. Além dos processos de entrevistas superficiais, que muitas vezes não nos deixam identificar pontos fortes e pontos fracos dos candidatos, contratar um novo colaborador que não se encaixa na vaga pode trazer prejuízos que vão muito além dos gastos com o desligamento.

Você já parou para pensar no quanto sua empresa deixa de lucrar contratando um vendedor que não se adequa à função? A Caliper te mostra.

Vamos supor que você contrate um vendedor com salário base de R$ 3,5 mil, que tem custo efetivo de R$ 6 mil para a empresa. Se em três meses de trabalho esse colaborador não bater a meta, são R$ 18 mil gastos, sem contar que a contratação de um novo vendedor, custaria mais R$ 3,5 mil.  

Em apenas um trimestre, a empresa já gastou R$ 21,5 mil reais em um vendedor que não trouxe resultados efetivos.

Porém, mais do que o gasto de pessoal, é necessário levar em conta o custo das oportunidades perdidas por esse novo vendedor. Considerando, por exemplo, uma meta de R$ 150 mil com margem de lucro da empresa de 20%, três meses sem vendas representam R$ 90 mil. Ou seja, o custo total de uma contratação errada pode custar mais de R$100 mil reais para o seu negócio.

Para evitar custos altos e desnecessários com uma contratação errada, a melhor maneira é investir em um processo aprofundado, que analise traços do comportamento e personalidade essenciais para uma posição específica. Mas como conseguir tais resultados em pouco tempo?

O Perfil Caliper é um instrumento científico que viabiliza uma avaliação profunda de personalidade e permite o job-matching – “casamento” do potencial de um profissional com os requisitos para determinado cargo.

Nele, são analisados 22 traços de personalidade (como persuasão, empatia, assertividade, extroversão, sociabilidade, resiliência, precisão, flexibilidade e senso de urgência), além de sete dimensões profissionais: Liderança, Comunicação Ativa, Dinâmicas Interpessoais, Processo Decisório, Resolução de Problemas, Gerenciamento de Processos, Autogestão.

Os resultados são completos e mostram as potencialidades do profissional, bem como fraquezas e pontos a melhorar. Assim, você pode ter certeza de que está fazendo uma boa contratação, além de ter uma melhor visão do desenvolvimento de talentos a partir de treinamentos específicos para a equipe.

Para saber mais sobre o Perfil Caliper, entre em contato com um de nossos consultores.

Descubra a importância do Coaching para sua empresa

Qualadiferençadecoachingeterapia-Caliper-2019

O processo de coaching está se difundido cada vez mais para diversas áreas: relacionamento, saúde, carreira e inteligência emocional. Este poderoso método mostra às pessoas como seu estilo de vida impacta os que estão à sua volta, e foca em realçar talentos e potenciais para desenvolver estratégias e alcançar objetivos pessoais e profissionais. O processo de coaching reflete na melhoria visível dos resultados do negócio no qual o coachee atua.

Coach empresarial

O coaching tem sido cada vez mais procurado por empresas, com o objetivo de treinar apoiar colaboradores para exercer certas tarefas, na busca de soluções para superar obstáculos e obter melhores resultados nas mais diversas funções, como seja na área de liderança, vendas e ou atendimento. Nesses casos, o profissional Coach age como um treinador, um professor facilitador, que está ali para ensinar estimular o coachee a encontrar alternativas não percebidas, identificar uma habilidade pontual, e melhorar as suas competências de seus coachees, ou seja, clientes.

Programa de Coaching Caliper

O Programa de Coaching Caliper é destinado a empresas e colaboradores que buscam desenvolvimento profissional. Durante o programa, são estabelecidas metas individuais vinculadas às organizacionais e fornecidas ferramentas de apoio ao coachee para colocá-las em prática. “Partindo da avaliação de pontos fortes e daqueles a desenvolver, o consultor Caliper estará apto a sugerir, juntamente com o coachee, selecionar competências e comportamentos a serem trabalhados no programa de coaching  e que levem ao aprimoramento de habilidades capazes de auxiliar o indivíduo em seu desenvolvimento profissional”, afirma José Geraldo Recchia, psicólogo, Coach e sócio da Caliper Brasi

A Caliper utiliza informações sobre o desempenho do profissional, juntamente com informações levantadas sobre o seu potencial por meio do Perfil Caliper, um teste que avalia 22 traços de personalidade.

O Programa contribui para identificar a lacuna entre performance atual e a desejada, bem como o alinhamento com as metas da empresa. O programa auxilia o profissional a criar e implementar ações eficazes, de acordo com o potencial.

Conheça alguns benefícios do Programa:

  • auxílio na adaptação a um novo cargo;
  • desenvolvimento de carreiras;
  • melhora de relacionamentos interpessoais;
  • auxílio na adaptação a uma nova cultura corporativa organizacional;
  • colaboradores mais confiantes e motivados;
  • aumento da capacidade de liderança.

Para saber mais sobre nosso Programa de Coaching, entre em contato com um de nossos consultores.

Farmer ou Hunter? Identifique os perfis dos seus vendedores

imgblog-VocêéFarmerouHunter-Caliper-2019

Você saberia identificar um vendedor como Farmer ou Hunter? Primeiro, é preciso entender o que essas nomenclaturas significam: farmer e hunter são tipos de vendedores, identificados pelas características de abordagem, pós-venda e relacionamento interpessoal.

Cada grupo tem suas habilidades características, ideais para diferentes funções e trabalhos em uma empresa. Por isso, saber identificá-los é essencial para garantir a entrega de sua equipe de vendas.

Vendedor Farmer:

O vendedor farmer, como o próprio nome sugere, é o vendedor “fazendeiro”, ou seja, aquele que planta, cultiva e só colhe os frutos depois.

Esse grupo é organizado e sem pressa. Gosta de construir relacionamentos duradouros com as pessoas. O farmer gosta de cuidar e se importa com a satisfação e fidelidade do cliente. Por isso, antes de apresentar qualquer proposta, o farmer prefere ganhar a confiança da outra parte.

Esse perfil é indicado para projetos extensos, que necessitam de paciência e habilidade para lidar com pessoas, ou para manter o relacionamento externo da empresa, já que se mostra uma companhia agradável sempre disposta a ouvir e procurar soluções para melhorar.

Se o objetivo da empresa é construir ou manter uma relação forte e de fidelidade com seus clientes, o vendedor farmer é a escolha certa.

Vendedor Hunter:

Ao contrário do primeiro tipo acima descrito, o vendedor hunter (ou caçador), procura sempre atingir resultados imediatos e não volta para casa antes de ter alcançado seus objetivos.

Extremamente proativo, ágil e focado, costuma ter em vista sempre a conversão final: a venda. Trata-se de um tipo de vendedor mais agressivo, que não deixa passar oportunidades e nem perde negócios.

O hunter é indicado para empresas novas no mercado ou que buscam resultados imediatos, expansão de território e market share.

Deseja desenvolver os talentos da sua equipe de vendas? Conheça o programa de treinamento de liderança da Caliper.

Qual a importância do clima organizacional dentro de uma empresa?

Imagem-BlogPost-ClimaOrganizacional

O clima organizacional das empresas refere-se à interação e ao relacionamento entre colaboradores e chefes, representando o conjunto de valores, regras e comportamentos culturais presentes no ambiente de trabalho. Um clima organizacional bom ou ruim exerce influência na produtividade das equipes, bem como no nível de engajamento com a instituição, rotatividade de colaboradores e motivação com o trabalho.

Isso não depende somente das pessoas, mas também de condições econômicas, oportunidades de crescimento pessoal, estilo de liderança escolhido e da avaliação e remuneração dos colaboradores. Todos esses fatores fazem com que as pessoas tenham certas expectativas em relação ao trabalho, e por isso, o clima organizacional é tão importante para o bom funcionamento de uma empresa.

Pesquisa de Clima Organizacional Caliper

O clima de uma empresa não é uma coisa tangível que pode ser criada, entretanto, pode ser alterado caso seja identificado que está interferindo na produtividade dos colaboradores e do negócio. José Geraldo Recchia, psicólogo e sócio da Caliper Brasil, explica que a Pesquisa de Clima Organizacional Caliper é a principal maneira de identificar as reais necessidades e expectativas do colaborador sobre a empresa, além de permitir mensurar dados e planejar ações estratégicas de melhoramento por meio do setor de recursos humanos.

“O maior diferencial da Pesquisa de Clima realizada pela Caliper é que a empresa não receberá somente os resultados obtidos, através de relatórios estatísticos, mas principalmente várias sugestões e suporte eficiente quanto às ações práticas que deverão ser implementadas para gerar resultados comportamentais futuros”, explica Recchia.

Conheça os benefícios da Pesquisa de Clima Organizacional Caliper:

  • Diagnóstico do clima da empresa com base na opinião dos funcionários;
  • Sugestões de melhorias nos pontos indicados pelos participantes;
  • Apresentação dos pontos fortes apontados pelos colaboradores, com sugestões de maior reforço aos aspectos positivos;
  • Reavaliação do planejamento estratégico a partir do comportamento organizacional da equipe.

Para saber mais sobre a Pesquisa de Clima Organizacional da Caliper, entre em contato com nossos consultores.

Conheça o Action Learning: método que transforma equipes e organizações

A metodologia Action Learning surgiu no Reino Unido, durante a Segunda Guerra Mundial. Nesse período, o mercado de trabalho sofreu enormes perdas, já que a mão de obra masculina foi praticamente toda transferida para os campos de batalha, tornando necessária a introdução das mulheres no meio. Dessa forma, foi preciso criar uma maneira de treinar as novas funcionárias sem prejudicar a produção, o que deu origem ao Action Learning.

Traduzido para o português, “action learning” equivale a “aprender fazendo”: uma transformação que envolve aprender no ambiente real de trabalho, a partir de projetos importantes para a empresa. Ao se deparar com um desafio, a primeira coisa a fazer é iniciar um projeto, a fim de avaliar a situação e encontrar a melhor solução.

Segundo George Brough, formado em ciências políticas pelo London Metropolitan University e Vice President, Executive Development Group da Caliper Estados Unidos, a prática do Action Learning consiste em fazer perguntas ao invés de formular respostas: “Nós não falamos ‘eu acho’ para alguma questão, nós pensamos: ‘o que eu preciso fazer para solucionar tal problema?’. Depois, vamos mais a fundo e definimos possíveis ações, colocamos em prática e refletimos sobre os resultados da ação. Depois da reflexão, iniciamos um novo ciclo de perguntas, ação e reflexão. Repetimos isso até chegamos na solução ideal”, comenta.

George explica ainda que essa metodologia atua em três níveis dentro da organização: no individual, no qual o colaborador aprende como o comportamento de uma pessoa pode ter consequências em toda a organização; no de equipe, já que os participantes trabalham em grupo, aprendendo o que funciona dentro de uma empresa; e no nível organizacional, no qual a própria empresa avalia o que precisa mudar e as soluções oferecidas pelo projeto, tudo ao mesmo tempo.

Action Learning na Caliper

A Caliper Brasil oferece soluções em gestão de pessoas há mais de 50 anos, em mais de 50 países. Uma dessas soluções é o treinamento de liderança e dos Altos Potenciais baseado em Action Learning.

O sucesso da Caliper na implementação dessa metodologia pode ser evidenciado nas parcerias de longa data que a empresa tem: são mais de 14 anos atendendo a Johnson & Johnson e cinco atuando dentro da Nasdaq. Para George Bourgh, a renovação constante desses contratos é o reconhecimento de um trabalho bem feito. “Os programas funcionam dentro da organização inteira.  Diferente de um programa tradicional de treinamento, estes programas têm um poder transformador que impacta a organização inteira de forma muito positiva.  O Action Learning envolve desde os colaboradores até diretores e CEOs”, explica.

O treinamento de liderança da Caliper envolve os participantes na execução de um projeto organizacional. O treinamento consiste em proporcionar a oportunidade de desenvolver o trabalho ao mesmo tempo em que se aprende, promovendo a discussão sobre situações críticas do negócio e a aplicação prática das técnicas aprendidas em benefício da organização, tudo isso sob a supervisão de um coach especialista da Caliper.

Conferência Global WIAL 2019

Este ano a Conferência Global WIAL terá como tema principal o Action Learning como cultura de inovação e colaboração para soluções de problemas atuais e futuros. O evento internacional será sediado em São Paulo, de 25 a 28 de setembro.

Organizada pela WIAL Brasil, uma instituição sem fins lucrativos, a conferência tem como missão promover e desenvolver o Action Learning, visando a formação de novos líderes e coaches capazes de conduzir uma inovação cultural dentro das organizações em que atuam. São três dias de palestras e workshops com profissionais nacionais e internacionais de renome na área, entre eles Brough, especialista em Action Learning.

Para ele, ser convidado para um evento de importância mundial é mais uma prova do sucesso da Caliper: “São poucas empresas que aplicam o Action Learning de maneira efetiva, e a Caliper é uma delas”, comenta.

George Bourgh

Especialista em Action Learning para programas de desenvolvimento, Bourgh acumula mais de 30 anos de experiência na área de desenvolvimento e venda de soluções de treinamento.

Atuou como Diretor de Desenvolvimento da Caliper Brasil e Diretor da Coastal Brasil, o braço latino-americano da Coastal Training Technologies, uma das maiores produtoras de programas de treinamento em e-learning. Durante sua trajetória, já passou por Singapura, Irlanda, Japão, China e diversas cidades do Brasil.

Em 2004, começou a atuar na Caliper do Brasil e, aqui, criou a Metodologia de aprendizagem Caliper, com 6 áreas de atuação e 11 programas chaves. Ingressou na equipe Global de Desenvolvimento Organizacional da Caliper e, em 2010, se tornou Vice-Presidente desse setor, trabalhando diretamente na matriz da Caliper, em Princeton, Nova Jersey.