fbpx

Resiliência em tempos de crise

Compartilhar
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
resiliência em tempos de crise

A pandemia do novo agente do coronavírus, Covid-19, colocou a população diante de diversas situações adversas e inesperadas: quarentena, demissões, cancelamentos de contratos, possibilidade de fechamento de empresas, trabalho remoto, paralisação de aulas e, em algumas cidades, restrição do direito de ir e vir livremente.

Para muitos, essas mudanças vêm acompanhadas de muito estresse, angústia e ansiedade. O isolamento social e as incertezas sobre a crise que assola o mundo inteiro contribuem para o sentimento de impotência frente a um problema que ainda não sabemos como resolver e, muito menos, prever as consequências.

Mais do que nunca, esse momento pede resiliência por parte de todos para que a vida continue seguindo o mais próximo possível da normalidade. Nós, da Caliper, sabemos que não é tão simples assim, por isso, separamos algumas dicas para você conseguir se manter resiliente mesmo em tempos de crise.

O que é resiliência?

Originalmente, a resiliência é uma propriedade da matéria física, na qual alguns corpos apresentam a habilidade de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.

De acordo com o dicionário, no sentido figurado e adaptado para ser um adjetivo, ser resiliente significa ter capacidade de se recompor ou de se adaptar facilmente frente a situações adversas. 

Consideramos uma pessoa resiliente quando ela apresenta otimismo mesmo quando enfrenta problemas pessoais ou profissionais. Esses indivíduos não se deixam abater facilmente e estão sempre em busca de soluções criativas para dar a volta por cima e enfrentar obstáculos. 

Em momentos de crise, como o que estamos passando agora, essa característica se mostra de extrema importância e fundamental para atravessar o momento da melhor maneira possível.

Como se manter resiliente em meio à crise e isolamento social?

A quantidade de informação que é absorvida diariamente, junto com o isolamento social e a falta de perspectiva de volta à normalidade, podem enfraquecer a resiliência que existe dentro de cada indivíduo, mesmo naqueles que se mostram extremamente otimistas e inteligentes emocionalmente.

Um dos principais pontos de atenção para manter a resiliência em tempos de isolamento é a organização, tanto pessoal quanto profissional. A pandemia fez com que muitas empresas adotassem o home office como modelo de trabalho temporário e, com isso, as rotinas acabam se misturando ainda mais. Por isso, é fundamental que seus compromissos pessoais não fiquem em segundo plano e nem sejam “engolidos” pelas tarefas do trabalho.

O que você costumava fazer depois de um dia normal? Lia um livro, via um filme, praticava exercícios? Essas atividades devem continuar presentes no seu cotidiano mesmo durante a quarentena, pois elas são responsáveis pelo seu relaxamento e prazer.

Mas se você está em quarentena e sem a possibilidade de home office, o ócio pode tornar o momento ainda mais complicado. Nesses casos, procurar outras atividades prazerosas é fundamental para combater a ansiedade e a sensação de tédio, que contribuem para o surgimento de pensamentos pessimistas e para o desequilíbrio emocional. 

Pratique o conceito de mindfulness

O conceito de mindfulness, derivado de benefícios comprovados de atividades como a meditação tradicional, consiste na apropriação de uma série de práticas a fim de melhorar o estado mental do praticante. Assim, a pessoa que aplica o mindfulness em sua vida tende a estar “presente no agora”, mais concentrada nas suas atividades, experiências, sentimentos e sensações do presente.

Esse exercício mental também ajuda a combater sinais de estresse e ansiedade, que podem ser desencadeados pelo isolamento social, pela pressão por resultados ou até mesmo pela grande quantidade de informação que recebemos diariamente. 

O primeiro passo para atingir esse estado mental é se concentrar no momento presente, saindo do automático, se livrando de distrações e pensamentos paralelos. Para estar no aqui e no agora, podemos adotar medidas simples e concretas, sendo a principal delas o controle da respiração. Respirar lentamente, inflando o peito e o diafragma e expirando de forma lenta pela boca, costuma trazer sensação de calma e concentração.

Exercite sua inteligência emocional

Ser resiliente significa ter a capacidade de superar problemas e adversidades com o mínimo possível de perdas ou sofrimento, sem comprometer a capacidade de tomada de decisão, do bom senso e equilíbrio na condução dos diversos temas de forma serena, assertiva e superando obstáculos. Tudo isso demanda uma alta inteligência emocional.

A inteligência emocional nada mais é do que a compreensão de como as emoções ocorrem dentro de nós e dentro das pessoas que nos cercam. Mas esse conceito vai além dessa concepção geral: a partir desse processo, a inteligência emocional envolve a seleção das melhores formas de se agir considerando esse autoconhecimento e o contexto.

Portanto, é essencial destacar que a inteligência emocional não significa nem se resume em controlar o surgimento das emoções: isso, ao menos de forma direta, é impossível. Assim, a chave para a inteligência emocional se encontra na compreensão dos sentimentos para, a partir daí, escolher racionalmente as melhores formas de se agir.

Mantenha-se em contato com o mundo exterior

Sabemos que o momento é de reclusão e cuidado, mas o isolamento social pode desencadear diversos problemas de saúde, como ansiedade e até depressão. Se as notícias sobre a pandemia do novo coronavírus estão tendo um efeito prejudicial em sua saúde mental, não tenha receio de se afastar. Nesses momentos, a mente é tão importante quando o corpo, e preservá-la é fundamental. 

Mesmo sem sair de casa, você pode – e deve – manter contato com pessoas que te fazem bem e que são importantes para você. Essa é a hora de aproveitar todos os benefícios das redes sociais, dos aplicativos de mensagens e das chamadas por vídeo.

Aproveite também para ler aqueles livros que estavam esquecidos na prateleira, assistir filmes e séries (serviços de streaming oferecem várias opções), arrumar seu guarda roupa ou fazer um spa day em casa mesmo.

Nós, da Caliper, também estamos tentando nos manter resilientes. Juntos, vamos superar essa crise. Conte com a gente!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Comentários

Sobre a Caliper

A Caliper Estratégias Humanas é uma empresa americana com sede em Princeton, New Jersey, que há mais de 55 anos avalia o potencial de colaboradores e orienta quanto à contratação, gestão e desenvolvimento de equipes das mais diversas empresas em todo o mundo.

Posts Recentes

Facebook Caliper

Shopping Basket
Open chat