Programa de Desenvolvimento de Trainees

Voltar para a listagem
Publicado em: 11/12/2013 08:12:00

Por Heidy Ruth de Oliveira

As empresas estão se posicionando de forma cada vez mais competitiva no mercado e por isso percebem a necessidade de atrair e reter profissionais com alto potencial e competência para posição de Gestão ou Técnicos focados na inovação e ampliação de seus negócios.

Devido à dificuldade de se encontrar profissionais prontos e que ao mesmo tempo venham “oxigenar” a empresa com inovações e tenham habilidade e competências focadas ao negócio, muitas empresas adotam como estratégias os programas de desenvolvimento de trainees.

O principal diferencial dos programas de trainee com relação às contratações de estagiários ou profissionais do mercado é que são direcionados a jovens talentosos que estão no último semestre ou recém-formados. Estes jovens que possuem muita motivação para produzir e inovar, mas pouca ou nenhuma vivência profissional, encontram nestes programas a oportunidade de serem preparados para assumir cargos-chave específicos dentro da empresa.

Por isso, é importante o planejamento e a estruturação do programa, desde sua captação, desenvolvimento, política de remuneração e avaliação para que haja o resultado esperado e o retorno de investimento para empresa e para o trainee.

Este programa é a oportunidade de preparar profissionais a médio e longo prazo como investimento no futuro da empresa.

Muitas empresas que investem em um sucesso futuro, montam programas de desenvolvimento de trainee em etapas, de acordo com a posição que o profissional irá ocupar. Na primeira fase, normalmente, o trainee passa por todas as áreas estratégicas, a fim de conhecer o negócio da empresa. Na segunda fase o programa é focado nas competências técnicas ou de gestão da área que o mesmo vai ocupar, com metas bem definidas e apresentação de um projeto para área em que ira atuar.

É importante, para obtenção de resultados efetivos, definir um mentor que irá acompanhar e orientar o profissional durante o período de desenvolvimento.

Os critérios de avaliação devem focar principalmente as competências do cargo que o traineeirá ocupar, na manutenção da sua competitividade, assim como na inovação e obtenção do sucesso nos seus negócios.

* Heidy Ruth de Oliveira é Gerente de Desenvolvimento Organizacional da Caliper

Voltar para a listagem