Liderança é como uma caixa de chocolates

Voltar para a listagem
Publicado em: 30/04/2015 02:28:00


Se você estivesse jogando um jogo de adivinhações de falas de filmes, é seguro dizer que você e todo mundo saberia que "A vida é como uma caixa de chocolates; você nunca sabe o que vai encontrar" é de Forrest Gump.

Essa citação não é realmente precisa, é claro. Caixas de chocolate de melhor qualidade dizem o que está dentro de cada peça para que você possa tomar uma decisão informada sobre como gastar suas calorias. Ninguém quer fazer a escolha errada e jogar fora o chocolate meio comido. É um desperdício de dinheiro e uma amarga decepção.

Agora vamos aproveitar essa metáfora e aplica-lá em uma decisão verdadeiramente importante: Quem você deve contratar para essa posição de liderança vaga na sua organização? Se você estiver disposto a gastar um pouco mais para um melhor chocolate, faz sentido que você iria investir mais na contratação do melhor candidato, certo? Quando você usa uma avaliação de personalidade válida para ajudar a seleção, é como ter alguém dizendo o que está acontecendo dentro de cada candidato.

Imagine que você tem uma posição aberta para Gerente de Filial. Esta filial é bem estabelecida e rentável e os funcionários são experientes, mas a contabilidade é desleixada e as políticas corporativas são frouxamente aplicadas. Francamente, é um desastre esperando para acontecer a auditoria. O candidato #1 parece confiante, autoritário e gentil. O candidato #2 é reservado e retraído. Você contrata o candidato #1. Seis meses mais tarde, você o demite porque as questões de conformidade ficaram ainda pior. Mas ele fez uma grande impressão na entrevista!

Vamos repetir esse cenário novamente, só que desta vez você usará uma ferramenta de avaliação de personalidade válida para descobrir as motivações internas dos seus candidatos. Acontece que o candidato #1 é brilhante, criativo e energético, além de ser um grande comunicador, mas ele não tem nenhum foco em detalhes e acha repetições e procedimentos tedioso. O candidato #2, por outro lado, é socialmente reservado e orientado a tarefas, mas ele é excelente com detalhes, altamente organizado e ótimo para dar responsabilidade às pessoas. Você contrata o candidato #2 e a filial estabelece um novo padrão de conformidade e exatidão na próxima auditoria.

Grande escolha na contratação, embora você ainda se sinta mal sobre o candidato #1. Ele mostrou grandes atributos, mas não era uma boa escolha para esse papel. Enquanto isso, sua organização quer expandir suas ofertas de produtos e entrar em novos mercados. Você precisa de líderes inteligentes, criativos e influentes com um foco no futuro para assumir esse desafio e ganhar a confiança em toda a empresa. Você pensa, hmmm, e dá uma olhada nos resultados da avaliação para candidato #1 mais uma vez.

Para citar um recente filme de Quentin Tarantino, "Isso é um bingo!"

Assim como uma boa caixa de chocolates ajuda você a fazer uma seleção de doces revelando o que está abaixo da superfície, uma boa ferramenta de avaliação como o Perfil Caliper pode ajudá-lo a preencher suas posições de liderança com as pessoas certas, mostrando seus pontos fortes, motivações e inibidores de desempenho .

Talvez Forrest Gump acerte na sequência.

Por Eric Baker, Serviço ao Cliente da Caliper EUA.

Voltar para a listagem