Treinamento para obtenção de Produtividade Máxima

Voltar para a listagem
Publicado em: 24/09/2013 10:45:00



Quantas vezes você contratou alguém para ministrar um curso de Administração do Tempo, Técnicas de Negociação, Motivação ou Trabalho em Equipe? E quantas vezes o resultado desses cursos superou suas expectativas? Na realidade são raros os casos em que os cursos atingem os objetivos esperados. Por quê?

O curso não tinha um bom conteúdo? O palestrante não era bom? Na verdade todas as respostas podem ser afirmativas ou negativas, porque o sucesso de um treinamento depende de outros fatores que não são apenas estes.

Mas afinal, qual é o objetivo de um treinamento?

Treinamentos existem para auxiliar os participantes a mudar de atitudes e comportamentos, para melhorar o seu desempenho profissional, por meio de novas técnicas, dinâmicas e exercícios, além de trazer resultados que possam ser mensuráveis pela empresa.

O profissional recebe novas informações e tem a oportunidade de testar as novidades em um ambiente seguro, para fazer experiências aplicando a teoria à prática profissional.

O treinamento deve ser uma combinação de orientação individual à orientação em grupo. Além disso, precisa ser elaborado a partir das informações sobre a organização, ou seja, os objetivos do treinamento devem estar alinhados às metas da empresa.

Em nossa experiência ao longo desses anos de consultoria, o maior problema dos treinamentos que não atingem os resultados é o fato de abordarem assuntos com receitas prontas, enquanto os participantes chegam ao treinamento com atitudes e comportamentos diferentes, por causa da experiência e fatores de motivação de cada um. As necessidades e objetivos são variados.

Um programa de treinamento com êxito genuíno para 25 pessoas precisa, na verdade, ser 25 programas separados simultaneamente. Em princípio, essa abordagem pode parecer um esboço do caos, no entanto, esse programa requer uma preparação mais cuidadosa do que o normal, e decerto, impede os treinamentos "enlatados".

Sem dúvida, a abordagem geral para o treinamento que estamos descrevendo é mais difícil e requer inovação por parte dos palestrantes. Porém, as certezas de sucesso serão duplicadas.
Em suma, o conhecimento prévio da dinâmica da equipe que será treinada permite aos palestrantes usarem os pontos fortes e áreas de desenvolvimento dos participantes como parte fundamental do processo.

Da próxima vez que for contratar uma empresa para elaborar um treinamento para seus funcionários, reflita sobre estas perguntas:

Conheço os pontos fortes e fracos da equipe a ser treinada? Sei qual o tipo de treinamento mais adequado para este grupo? O treinador conhece a minha empresa e as necessidades dos participantes desse treinamento?

Se as respostas para estas perguntas forem afirmativas, siga em frente porque as chances de sucesso estão ampliadas.

Voltar para a listagem