Fortalecer a Equipe

Voltar para a listagem
Publicado em: 13/08/2013 09:23:00

Qual empresa não tem problemas com suas equipes? Mas, ter problemas com a equipe não é exatamente o "problema", pois toda equipe precisa de alinhamentos de vez em quando. A preocupação maior deve estar no trabalho que deve ser feito para formá-las, através da contratação de profissionais focados e compromissados com o trabalho em conjunto e com objetivo de cumprir as metas empresariais.

Uma equipe deve ser formada por pessoas que, além de terem conhecimento técnico semelhante ou complementar um ao outro, possuam as mesmas aspirações organizacionais e as mesmas ambições profissionais dentro da empresa, para que o foco seja um só, mesmo diante de uma formação eclética de profissionais.

A diversidade habita as equipes. Mesmo naquelas onde os profissionais têm as mesmas competências técnicas e fazem atividades semelhantes, a cultura, os gostos, as vontades, os valores e, principalmente, as competências psicológicas se diferenciam. Nem todos esses fatores são possíveis de ser controlados, mas a vantagem que a empresa tem é a de poder escolher, a dedo, cada um dos profissionais que vão compor seus times. Esse é o principal ponto na formação de equipes: sem pressa e sem tantas exigências técnicas dispensáveis, as empresas devem procurar com cuidado seus profissionais e fazer com que eles se enquadrem em sua cultura e em seu ritmo como se tivessem a incumbência natural de formar uma orquestra: um trabalhando em prol do outro, para um único fim.

Depois de uma formação bem elaborada, os problemas que surgem são apenas secundários, quase nunca comportamentais, mas sim de competência técnica e de fácil resolução.

Os maiores problemas são gerados quando há choques de comportamentos que afetam os profissionais (uns aos outros) e impedem que os resultados da empresa sejam alcançados. Ou seja, o trabalho de cada profissional é emperrado (ninguém consegue evoluir) e a empresa sofre um vazio de resultados: improdutividade, não-lucratividade, perda de clientes e por aí vai.

Entretanto, se uma equipe é formada por pessoas competentes, capazes e focadas no crescimento da empresa e na atuação em conjunto, que é ação essencial para os resultados surgirem, resta à empresa somente a manutenção dessa equipe: por meio de incentivos e, ainda mais importante, através do investimento no desenvolvimento dos profissionais. Por mais engajado que seja, nenhum profissional é perfeito e sempre apresentará algo a aprimorar para que sua atuação seja cada vez melhor e mais produtiva. E aí que mora a necessidade da empresa nunca parar de desenvolvê-lo.

A organização precisa aproveitar sempre as qualidades e conhecimentos dos profissionais que formam suas equipes, mas, além disso, nunca pode esquecer-se de focar no aperfeiçoamento de seus pontos de desenvolvimento que, ao serem aprimorados, e somados à força de toda equipe, promovem contínuas mudanças positivas no andamento da empresa.

Essa é a chamada gestão inteligente, a qual toda empresa deve realizar, pois promove a sustentabilidade e o crescimento dos motores que movimentam toda sua engrenagem: as equipes!

Voltar para a listagem