5 lições para contratar os melhores

Voltar para a listagem
Publicado em: 07/08/2013 09:19:00

Todas as empresas procuram por fórmulas que evitem a perda de tempo em uma contratação ou que mostrem logicamente, por um mais dois, quem é o profissional certo para atuar dentro delas.

A Caliper, em seus mais de 50 anos de experiência no mundo, não pode dar uma fórmula lógica, por um simples fato: seres humanos são complexos em sua personalidade, mas nunca lógicos. Por isso, através do Perfil Caliper, avaliação de potencial de grande credibilidade no mercado, já mostrou e provou para muitas empresas que potencial é tudo!

Colocamos a seguir as principais lições que sempre destacamos às empresas-clientes da Caliper e que têm gerado resultados magníficos para elas.

Portanto, pense nestas “melhores práticas” durante a contratação:

1º) Visualize potencial: Nunca, nenhuma empresa encontrará o profissional perfeito, por isso o importante é focar no potencial que ele possui para crescer e fazer crescer a organização.

2º) Não se incomode com a cadeira vazia: Muito mais preocupante que ter uma cadeira vazia é ter a pessoa errada sentada nela. Pense no quanto a empresa perde em investir num profissional que atua apenas por atuar e engana a si mesmo, fazendo o que não gosta e nem tem perfil pra fazer, calcule ainda os gastos com turnover ao contratar e demitir um colaborador atrás do outro até encontrar a pessoa certa. Demore um pouco na procura, mas encontre o profissional correto.

3º) Não use o espelho para contratar: Esqueça as suas qualidades e visualize as dos profissionais que você está analisando para um cargo. Ele não tem que ser igual a você em erros e acertos, só precisa ter potencialidade para ter sucesso. Busque comparar seu potencial com as características de sucesso dos top performers de sua empresa, isto sim o ajudará.

4º) Valorize capacidade de ser e não a experiência passada: Experiência não é nada comparada com o poder que um profissional ainda tem de realizar. Alguns têm dez anos de carreira, mas ainda não aprenderam lições importantes ou não possuem potencial para o sucesso, enquanto outros ingressam hoje no mercado de trabalho e vão realizar em um ano o que um experiente não realizou em dez.

5º) Foque nos otimistas e resilientes: Produzir planilhas com previsões para o futuro, mesmo que negativas, significa competência para antever situações. Apenas isto para os pessimistas. Os otimistas têm o pé no chão: produzem planilhas e veem nos problemas, oportunidades de soluções. Os resilientes, por sua vez, estão preparados para passar por tormentas e aprender com elas. Estes são os profissionais certos para a sua empresa.

E você concorda com essas práticas? Deixe as suas lições nos comentários.

Voltar para a listagem