Qual o real valor de seu sucesso?

Voltar para a listagem
Publicado em: 07/10/2013 10:06:00

Muitos acreditam que ganhar um "gordo" salário é o suficiente para estarem felizes em seu emprego e colocar em prática tudo o que sua empresa solicita. Talvez, em tese, isto funcione. Mas, na prática, com certeza, não é assim!

Estar desmotivado é o fator principal para que algum trabalho não dê resultados positivos ou comece a patinar, ou seja, não saia do lugar. Os resultados nunca aparecem e o profissional continua na ilusão de que, mesmo fazendo o que não gosta, é indispensável para a empresa... até o dia em que não consegue mais enganar a empresa e a si mesmo. Pois, nenhuma organização quer, ou pelo menos não deve manter em seu quadro, pessoas que não se sintam bem com seu trabalho. Entretanto, às vezes, as empresas permanecem com profissionais deste estilo, mas porque ainda não descobriram como direcionar seu foco em pessoas de sucesso.

Para que os profissionais de uma empresa obtenham sucesso, o primeiro passo é contratar aqueles que valorizem o trabalho que desempenham e que sintam que vale a pena passar semanas, meses e anos atuando na função que ocupam. Se este quesito for positivo em sua companhia, então, a consequência disto, certamente, será satisfatória. Os profissionais agregarão valor à organização para a qual trabalham e, automaticamente, ganharão importância também, porque essencialmente sentirão prazer no que fazem, bem mais do que se preocuparão com remuneração, por exemplo, que seria uma consequência do sucesso profissional.

Acreditamos, assim, que os profissionais de cada organização devem refletir sobre o valor que atribuem ao que fazem e compreender se este valor é satisfatório para si mesmo e para sua empresa, em relação aos resultados que obtêm.

À organização cabe a tarefa de estimular a reflexão de seus colaboradores, fazendo-os pensar sobre sua atual colocação profissional.

Para facilitar esta reflexão elaboramos as perguntas abaixo, que podem nortear as empresas no momento de instigar esta reflexão em seus profissionais.

1- Você é/está feliz com as atividades que realiza em sua empresa?

2 - Você acredita que merece um aumento salarial porque se considera um ótimo profissional ou apenas porque necessita financeiramente?

3 - Tem algo que você gostaria de fazer, profissionalmente, mais do que o que você faz hoje?

4 - Você trocaria de função, seja qual for, em decorrência de um salário maior?

Pense melhor! Talvez, este seja o momento de agir e realizar mudanças dentro da empresa e na vida de seus colaboradores. É mais do que necessário buscar o progresso empresarial, e a fórmula para isto é valorizar os verdadeiros potenciais de cada profissional. Pois, o sucesso não deve estar ligado, essencialmente, aos números que compõem o holerite ou contracheque de seus colaboradores, mas à sua satisfação em realizar a atividade que mais lhe proporciona prazer.

Voltar para a listagem