Desenvolvendo líderes de forma eficaz

Voltar para a listagem
Publicado em: 25/02/2014 20:26:00

Por Heidy Ruth Oliveira

A fim de se manterem competitivas, as empresas sabem da importância de cultivar uma equipe treinada e, por isso, investem cada vez mais em cursos, palestras, treinamento e programas de desenvolvimento. Hoje, ainda se vê altos investimentos em especializações e universidades coorporativas, mas será que todo esse investimento está tendo o retorno esperado? Será que está atingindo os objetivos propostos? As pessoas estão de fato desenvolvendo suas competências? Os programas estão provocando as mudanças e melhorias esperadas?

A pergunta primordial que está por trás de todos esses questionamentos é: como é feita a escolha dos programas de desenvolvimento de liderança?

Algumas empresas buscam o que há de mais moderno ou conceito atual para os programas de desenvolvimento de sua equipe e, por vezes, se decepcionam com os resultados. Outras optam por publicações de programas que deram certo nesta ou naquela empresa.

Na realidade, ao escolher um programa de desenvolvimento, não é indicado basear-se apenas em sintomas e "tomar um medicamento" que deu certo para outra companhia. A efetividade do programa não virá com um treinamento escolhido apelas pelo nome ou modismo.

A boa notícia é que é possível obter excelentes resultados no investimento de um programa de desenvolvimento de líder. A chave para o sucesso é a adequação do conteúdo com os objetivos estratégicos da empresa e as necessidades dos profissionais. Por isso, algumas considerações são importantes:

  • Realizar um bom diagnóstico. Ferramentas importantes são utilizadas para ajudar a definir melhor qual é o programa ideal para o desenvolvimento dos líderes da empresa. Essa escolha deve abranger tanto a preparação técnica, a estratégica como, também, as comportamentais.

  • Saber qual é o potencial da sua equipe de líderes. Dessa maneira será possível entender qual é o gap entre o potencial e o atual desempenho dos colaboradores.

  • Conhecer as motivações da liderança. Permite a elaboração de um programa de desenvolvimento ajustando os interesses da empresa com as necessidades e interesses dos líderes. É bom lembrar que as mudanças só ocorrem através do engajamento e interesse de cada um.

  • Saber quais são os objetivos estratégicos da organização. O setor de RH deve saber aonde quer chegar com o programa de desenvolvimento, além de conhecer quais são os valores da empresa para adequação de toda a linguagem e conteúdo do treinamento.

  • Entrosamento. Buscar alinhar o programa e conteído junto aos profissionais ou consultoria que irá desenvolver e conduzir o programa.

Não importa a dimensão do programa que se elabora, o importante é lembrar que todo investimento estruturado em objetivos e ações claras favorece o acompanhamento e as correções necessárias para se obter um bom retorno. Um bom diagnóstico da situação trará mais êxito ao processo, seja para pequenos ou grandes investimentos nos programas de desenvolvimento.

Heidy Ruth de Oliveira é Consultora de Desenvolvimento Organizacional da Caliper.

Voltar para a listagem