Você tem colaboradores engajados?

Voltar para a listagem
Publicado em: 19/01/2015 10:12:00


Manter os seus funcionários engajados é um processo contínuo.

É geralmente acordado que quanto mais os colaboradores estão engajados em suas posições ou empresa, mais eles serão eficazes no desempenho das suas responsabilidades. Mas como você pode dizer se uma pessoa está realmente envolvida no trabalho ou apenas sobrevivendo e, lentamente, se esgotando?

O The Wall Street Journal publicou recentemente um artigo que descreve a luta de Danielle Blimline na decisão de sair ou ficar em um emprego que não era mais envolvente para ela. Ela era uma top performer no cargo, mas já não se sentia mais desafiada. Sentia-se presa e o resultado foi um declínio em seu desempenho pela primeira vez em sua carreira na Level 3 Communications. Depois de fazer Coaching com um fornecedor de fora da empresa, ela decidiu dar uma chance, propor uma mudança para a gestão, e perguntar se a empresa iria acomodar suas necessidades profissionais.

No entanto, a Sra Blimline é uma exceção. Ela estava descontente em seu trabalho e assumiu o comando na esperança de encontrar uma solução que permitiria que ela ficasse com a Level 3 Communications. É mais frequente que os funcionários que não estejam engajados tenham uma baixa perfomance, tentem "sobreviver", ou simplesmente peçam demissão.

É importante olhar para os sinais de alerta que indicam que seus funcionários podem estar passando por um nível semelhante de desengajamento. Algum dos seus colaboradores com melhores desempenhos estão começando a vacilar? O que está acontecendo?

Recomendamos procurar alguns sinais de alerta de esgotamento perguntando a si mesmo as seguintes perguntas:

  • O indivíduo tem estado na mesma função por um período significativo de tempo?

  • Será que a pessoa completa os mesmos tipos de tarefas ou projetos de novo e de novo?

  • O empregado está procurando atividades novas ou desafiadoras e sendo retido ou negado?

  • A sua moral tem caído nos últimos meses?

  • O seu desempenho tem começado a cair?

Muitas vezes, quando um top performer atual ou anterior deixa uma posição, é por causa da falta de engajamento, não uma questão de competências. Se você sentir que um de seus funcionários pode estar em perigo de esgotamento, recomendamos ter uma conversa para descobrir as respostas para algumas questões críticas. Onde é que ele quer estar? Que tipo de trabalho quer fazer? O que o parece motivar? O que está faltando em sua função atual?

Ao chegar até seus colaboradores procurando aberturas e incorporando suas ideias, você está mostrando que você se importa. É importante oferecer oportunidades para a sua equipe crescer de formas que lhes sejam favoráveis - e não apenas a empresa. Trazendo-os para perto, você pode começar a pavimentar o caminho para um maior engajamento e, por sua vez, um melhor desempenho.

Por Ann Anderson, Diretora de Aprendizado & Desenvolvimento da Caliper University

Voltar para a listagem