O que é sucesso? - Quarta Parte

Voltar para a listagem
Publicado em: 13/09/2013 10:21:00

Por Patrick Sweeney e Herb Greenberg, CEO e Fundador da Caliper

De executivos a atletas, e de políticos a artistas, ouvimos algumas histórias incríveis sobre o seu sucesso. Cada um deles encontrou sua definição pessoal de sucesso, uma definição que ajuda a definir e motivar quem eles são.

Talvez você se identifique mais com a Rebecca Stephens, que tinha um objetivo que se tornou parte dela. Ou talvez você se identifique mais com Ben Vareen, que acredita que o sucesso começa acreditando em si mesmo enquanto você continua sua busca neste planeta.

Talvez a definição de Paul Schulte fale com você: Sucesso é focar no que você tem ao invés do que você não tem. Talvez a crença da Senadora Barbara Boxer de que você precisa ouvir seu aplauso interior e defender o que você acredita ressoe em você. Talvez você consiga se identificar melhor com o entendimento de Fariborz Ghadar de que sucesso tem menos relação com o que você tem do que com o conhecimento de quem você é.

Qual definição de sucesso mais ressoa em você? Alguma delas te motivou a começar a pensar em sua própria definição? Se este é o caso, você está bem adiante em seu caminho de ser bem sucedido em seus próprios termos.

Talvez apenas por você tirar tempo para ler estes artigos, você esteja pensando: “Quem sabe exista outra coisa, algo mais que eu possa fazer”. Quando você chegar à sua definição pessoal de sucesso, isto te ajudará a clarear o próximo passo que você precisa dar para alcançar seus sonhos, o que quer que sejam.

Deixaremos com uma última definição de sucesso, uma de nossas preferidas. Ela vem de um incrível autor e conferencista motivacional brasileiro, José Luiz Tejon Megido, sobre quem falaremos mais em nosso livro. Por hora, queremos apenas compartilhar com você sua definição pessoal de sucesso, uma que parece transcender todas as outras e, ao mesmo tempo, uni-las: “O sucesso começa por se manter um senso de juventude sobre si mesmo. Mantenha dentro de si uma imagem da criança que você foi. E tenha certeza de que esta criança é sempre parte de quem você é e o que você está fazendo”.

Voltar para a listagem